Blog do Julio

Hacks, tutoriais e dicas

Sobre O Blog

Primeiramente, seja bem-vindo ao meu blog! Aqui falarei um pouco do histórico deste espaço e comentarei brevemente sobre a finalidade do blog.

Alguma vez você passou horas alternando entre fóruns e documentações para instalar e configurar um programa de acordo com seu gosto e tempos depois precisou reinstalar tudo de novo, mas já havia esquecido os detalhes? Ou salvou, em alguma pasta aleatória, um .txt sobre como recuperar arquivos excluídos e acabou deletando essa pasta por engano?

Eu também não =). Mas eu criei esse blog antes que algo do gênero acontecesse.

A ideia do blog surgiu durante a CPBR4 (2011), após eu conseguir instalar o Windows 7 e o Arch Linux no meu recém comprado notebook sem driver de CD. Eu sabia que precisaria reformatar aquele notebook no futuro e, apesar do procedimento ser relativamente simples, eu poderia me esquecer de alguma etapa. Ter uma fonte para consultas rápidas seria bom, então no início de fevereiro eu criei o MyConfigs, hospedado no WordPress.com, com o objetivo de manter pequenos tutoriais escritos para mim mesmo e alguns dotfiles. Publicar esses tutoriais na internet é uma solução mais organizada que espalhar arquivos de texto pelo HD, facilita o acesso e de quebra acabo ajudando algum internauta a resolver o mesmo problema que eu tive.

Em julho de 2011 migrei o blog para este domínio, junto com meu site pessoal, e em maio de 2012 mudei do Wordpress para o Octopress. Agora procurarei não me limitar apenas a tutoriais e também tratar de programação, tecnologia relacionada a computação e qualquer outra coisa que me interesse.

Eu escrevo em português. Se eu mantivesse o blog em inglês provavelmente teria um alcance maior, mas lembre-se de que o leitor-alvo sou eu mesmo. Já pensei em passar alguns posts para inglês para treinar a linguagem, mas sabem como é, da trabalho. Talvez algum dia. Pelo mesmo motivo, grande parte dos posts não são genéricos. Deixo as configurações de acordo com o meu gosto, costumo escrever especificamente para o SO que estiver usando (geralmente Arch Linux) e nem sempre detalho todos os passos. No entanto, caso você tenha entrado no blog como paraquedista e tenha alguma dúvida, sinta-se livre para me questionar nos comentários ou pelo formulário abaixo. Críticas construtivas são sempre bem-vindas.

Julio B. Silva
Engenharia de computação - UFSCar, Turma 2009.

Comments